Sexta-feira, 3 de Junho de 2011

As escolhas de tresgues

1- Uma barata de água foi fotografada a comer uma tartarugaBBC. Quem disse que o pequeno não pode comer o grande? Com jeitinho e paciência não há nada que não se faça... A menos que julgassem que o grande não fazia o inverso com um graaaande jeitinho e muuuuita paciência!

 

2 - Algumas zonas de Portugal estão entre as mais radioactivas do mundo, diz o Prof. Alcides Pereira da Universidade de Coimbra, confessando que "às vezes fazia falta um psicólogo nos trabalhos de campo, perante as concentrações elevadas de radão - um gás filho do urânio, que existe na terra desde a sua formação - em casas como nas Beiras e Alto Alentejo. Dá que pensar - i. Só para aliviar os ânimos: deve ser por isso que... (perdoem-me, foi mais forte do que eu) a Oliveira é do/está no Hospital.

 

3 - A Srª Dª Filomena Pinto da Costa fala de gente que, com a velhice, se torna mais prepotente e aos quais a sabedoria traz requintes de malvadez. Depois de falar "daquela gente" como «arrogante, corrupta e consequentemente estúpida o suficiente para ter vivido uma vida inútil», termina concluindo que «Infelizmente, são admirados pelo povo, que tem afecto e admira os grandes aldrabões.» - Vidas . Mas a quem se estará a senhora a referir? Assim à primeira vista, e vindo de quem vem, não me recordo de ninguém em especial. (É que não há poucos, não é?)

 

4 - Esta já é um pouco mais antiga, mas dá que pensar: Estudo refere que países mais "felizes" têm maior taxa de suicídio. Especialistas sugerem que a explicação para este paradoxo reside no facto de os seres humanos terem tendência para se compararem uns aos outros. Terrível tendência, diria eu... Os nossos avós já tinham descoberto esta: «A galinha da vizinha é sempre maior e melhor do que a minha.» E, possivelmente, muita depressão se explicará deste modo. E muito mal se preparam as pessoas para toda uma vida. "Pessoas descontentes em um lugar feliz podem sentir-se particularmente maltratadas pela vida",disse Andrew Oswald, da University of Warwick, um dos responsáveis pelo estudo - BBC. E diz-nos que os períodos de depressão podem ser mais toleráveis num ambiente no qual outros humanos estão infelizes". Um outro autor do estudo reforça a ideia:"Este resultado é consistente com outras pesquisas que mostram que as pessoas julgam seu bem estar em comparação com outras à sua volta. Esse mesmo efeito foi demonstrado em relação a renda, desemprego, crime e obesidade". Se por um lado este estudo (1) me deixa tranquila quanto ao meu país;) por outro lado (2) vem de encontro ao que eu tenho vindo a apreender ao longo da vida. E entristece-me. E os pais e os educadores têm aqui um papel fundamental na preparação para a vida de uma criança. E por aqui me fico. Era assunto para um post inteiro. Mas só uma achega: inteirem-se bem da vossa vida e vão ver que mal têm tempo para se inteirar da vida dos outros. 

 

5 -Cientistas do Albert Einstein College of Medicine, em Nova York, criam pomada para impotência sexual - BBC. Contente? Não me diga (e sei que não me vai dizer) que é só você que sofre deste problema!? Experimente, se quiser claro, a pomada e... deixe lá a "galinha da vizinha" que diz que nunca na vida sofreu deste mal... Não sabe que ele/ela mente com todos os dentes que tem? (Não tem? Já lhe cairam de tanto mentir!)

 

6 - Confira então as trinta e nove dicas para ser uma "pessoa de bem" na Grã-Bretanha (suponho que não se aplicam ao nosso país, como devem constatar), tiradas daqui e que se encontram na revista Country Life. Algumas até me desenrasco muito bem, como por exemplo a primeira: ♦ Poder cozinhar um jantar com três itens - Facílimo. Vou agora fazer: Bacalhau, batatas, feijão verde; Já com outras, como por exemplo a última: ♦ Realizar um parto de um cordeiro - Acho que... Julgo que... Se fosse necessário... Quem sabe? Uma pessoa nunca sabe do que é capaz. Por isso acho que até era capaz de ser "uma pessoa razoavelmente de bem"... na Grã-Bretanha.

 

7 - A ex-bactéria dos pepinos parece ter estabilizado - JN. Hoje até já me encontro, de novo, na Alemanha. E é assim: são os fumos do vulcão à vinda, são as ex dos pepinos na estadia e, quem sabe, as greves aquando da ida. A minha vida é assim. Um perigo constante.

 

Bom fim-de-semana.

publicado por tresgues às 16:36
link do post | comentar
comentários:
De antiego a 14 de Junho de 2011 às 17:47
Gostei muito do estudo sobre os suicidios nos paises mais felizes, até porque tenho um post preparado sobre o tema.
Realmente, faz sentido. É humano. Quem nunca sentiu inveja que caste a primeira stone.

Sendo assim, na logica simplista, o Alentejo Litoral é o mais feliz (mar, praia sem ter que aturar os algarvios e camones) e o países de leste são os mais felizes (sexo all you can eat).
De tresgues a 14 de Junho de 2011 às 23:07
Hum... Feliz por feliz prefiro, de longe - de longe, onde me encontro - o Alentejo Litoral. :)

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
31

.posts recentes

. Em...2016...

. Boas-Festas

. Não!

. O meu pica do sete

. As escolhas de tresgues

. Cenas quotidianas

. Coisas da vida

. As escolhas de tresgues

. As escolhas de tresgues

. Fifi, o malabarista

. Educação diferente. Porqu...

. Bom dia

. As escolhas de tresgues

. Coisas da vida política

. Fifi, o calhandreiro

.arquivos

.links

.subscrever feeds