Segunda-feira, 20 de Junho de 2011

Zurique vs... Lisboa

1) Zurique

Enquanto a e.coli "ecolidia" na Alemanha, estive na Suíça.

Duas horas e tal de comboio... e Zurique à vista.

Onde tudo (em €uros) é demasiado à grande para a minha pessoa. Para aquilo a que estou habituada. Só comia fora de casa um short menu no MacDonald's por 12 euros, bebia a bica mais rasca por 4 e tal, ia ver os lenços da H&M a 40, 50 e muitos euros, e a Zara que vive paredes meias com Pierre Cardin. Nunca se me passou tão depressa a vontade de não comprar fosse o que fosse. Desta vez foi num abrir e fechar de olhos. 

Felizmente que a Freitag foi uma visão - Visão - tão perto que estava de mim... e fechada nesse dia. Mas tenho pena. Pelo menos para ver in loco a fábrica das malas instalada nos contentores.

 

2) Lisboa 

É uma alegria - e sempre um espanto por parte da minha pessoa - voltar a ver a tal luz de Lisboa e constatar sempre que é única; voltar a estar na bicha da ponte 25 (fazer mesmo questão disso) num final de domingo ao pôr do Sol, com todos os aceleras e buzinadores deste mundo e do outro - com um bronzeado como não há outro igual e constatar que é único - e todos com uma pressa tão desmedida para chegar a casa, parecendo que aprenderam todos a conduzir nas pistas de uns quaisquer carrinhos de choque. Mas, espanto dos espantos, aparece na mesma bicha da 25 um Maserati preto, desportivo, limpinho e brilhante naquela tal luz de final de domingo. E alto lá e pára o baile! Já ninguém passa dali, já ninguém tem pressa... ou melhor, até podem querer passar à frente para depois parar ali ao lado do limpinho e brilhante - daqueles que não vivem a vida, vivem a garagem - para olhar e ver bem quem lá vai dentro. E a pressa acabou logo ali. Em todas as filas. Sim, porque o Maserati não vive a vida. Vai devagar. E tudo a apontar. À descarada. Tudo com uma cara não de riso, não de inveja, não de "maldizer toda a cela", mas num misto de tudo isso simultaneamente. Nem preciso ouvir para saber do que falam. Mas até oiço... O vizinho do lado.

Ah, como é bom viver uma bicha da 25, num domingo de Verão, ao pôr do Sol com Lisboa logo ali. E aos meus pés! 

publicado por tresgues às 09:32
link do post | comentar

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 34 seguidores

.pesquisar

.Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Em...2016...

. Boas-Festas

. Não!

. O meu pica do sete

. As escolhas de tresgues

. Cenas quotidianas

. Coisas da vida

. As escolhas de tresgues

. As escolhas de tresgues

. Fifi, o malabarista

. Educação diferente. Porqu...

. Bom dia

. As escolhas de tresgues

. Coisas da vida política

. Fifi, o calhandreiro

.links

.subscrever feeds