Terça-feira, 8 de Maio de 2012

Diz que...

Justiça é... diz que é... vulnerável à... à... corrupção.

A... a sério? Até estou ga...ga... ga.

Estupef...pf...acta.

 

"Portugal é vulnerável à corrupção" e entre aquilo que a lei determina como  formas de a combater e a prática das instituições "há uma enorme disfunção".  Motivos? Há vários e nenhum deles abonatório para o país: incompetência, uma  cultura cívica demasiado permissiva e, como cereja em cima do bolo, "uma enorme  falta de vontade política". - Expresso.

E o que é a incompetência? E a cultura cívica permissiva? E a falta de vontade política?

Existem mes...mo, a...a  sé...sé...rio?

 

"Do Parlamento ao Governo, passando pelos tribunais e sistema judicial,  Administração Pública, partidos políticos ou empresas, tudo foi analisado. Mas a  lista fica completa com a Comissão Nacional de Eleições, o provedor de Justiça,  Tribunal de Contas, Organismos especializados de combate à corrupção, comunicação social e sociedade civil."

Até estou choc...choc...ada. Quer dizer, em estado de choque. Abismada.

 

As conclusões - com mais ou menos variações conforme a estrutura analisada - apontam para uma generalizada falha dos mecanismos de prevenção e combate à  corrupção no país. Isto apesar de os portugueses terem uma forte percepção do  fenómeno (97% acha que esse é um problema grave)...

E eu e mais 2,999999999999% é que nã...ã...ão sabíamos?

Bem me parecia que estava desintegrada.

 

"Há um misto de incompetência, de intencionalidade ou de falta de cultura cívica  que contribui para esta situação", diz o investigador.

Há Dr. Luís Sousa?

Bolas! Nunca pensei. Quem diria!!! 

E diz que o caminho para repor a coisa pode ser longo! Ai que coisa tão complicada!

Sabem, não tenho cá estado muito.

E trabalhei muito tempo com crianças.

Como é que elas desaprendem tanto quando crescem?

(Considerando verdadeiro, claro, o estudo que foi apresentado e do qual a RR também fez referências, abordando o tema das cunhas e da troca de favores. Cu... cu...nhas, f...f...)

 

AGORA (mais) A SÉRIO: A coisa, a tal coisa, pode ter um longo caminho, mas pode estar nas mãos de cada um torná-lo mais curto

Peço desculpa aos manetas. 

E com ofensa.

publicado por tresgues às 10:17
link do post | comentar

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 34 seguidores

.pesquisar

.Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Em...2016...

. Boas-Festas

. Não!

. O meu pica do sete

. As escolhas de tresgues

. Cenas quotidianas

. Coisas da vida

. As escolhas de tresgues

. As escolhas de tresgues

. Fifi, o malabarista

. Educação diferente. Porqu...

. Bom dia

. As escolhas de tresgues

. Coisas da vida política

. Fifi, o calhandreiro

.links

.subscrever feeds