Terça-feira, 22 de Maio de 2012

Cenas quotidianas

- Ensaca no seu ou quer qu'ensaque eu?

A língua portuguesa anda muito traiçoeira.

Ou ando eu com a compreensão deveras atraiçoada. Ou coiso.

Talvez seja isso.

 

Raramente vou ao Intermarché porque fica mais longe de casa.

Ontem fui.

Como sempre, levo sacos meus e, nas outras superfícies mais perto de casa, já toda a gente me conhece e conhece os meus (giros) sacos e já ninguém me pergunta nada. Como de costume, faço passar o saco vazio à frente das compras para que verifiquem que não tem nada. Assim fiz. Mas oiço, e agora relato-vos com melhor ênfase e mais veracidade, para saberem bem como eu ouvi a coisa.

Então eu ouvi assim a coisa, dita com a maior das rapidezes:

- Ensácanoseu ou querquensáqueu?

Quando percebi, depois da repetição da coisa por umas três vezes, disse que sim, no meu.

Mas só me apetecia dizer:

- É claro quensáconomeu!

 

Haviadensacár nodequem?

Semprisónomeu!

Eu sei qu'áquemensáquenodosoutros, matámal! 

 

Bom dia.

publicado por tresgues às 08:46
link do post | comentar

.mais sobre mim

.pesquisar

.Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
31

.posts recentes

. Em...2016...

. Boas-Festas

. Não!

. O meu pica do sete

. As escolhas de tresgues

. Cenas quotidianas

. Coisas da vida

. As escolhas de tresgues

. As escolhas de tresgues

. Fifi, o malabarista

. Educação diferente. Porqu...

. Bom dia

. As escolhas de tresgues

. Coisas da vida política

. Fifi, o calhandreiro

.arquivos

.links

.subscrever feeds