Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2013

Vícios

O jogo e o jogador compulsivo - Não se trata do tempo que você passa fazendo alguma coisa, mas sim do impacto que ela tem sobre sua vida'', afirma Mark Griffiths, um perito em dependência em jogos da Universidade Trent de Nottingham.

Pois, é como em tudo na vida. Como costumo dizer, tudo com moderação, tudo sem problemas. E já a minha avó dizia: tudo o que é demais enjoa.

E quando não há problemas, não há mesmo problemas com coisa nenhuma. É mais ou menos isso. Muitas vezes, a prática excessiva de jogos é sintoma de outros problemas.''  E poderá ser assim com tudo. Tudo isto a propósito de uma notícia avançada pela BBC , que dá conta que um pai se tornou um assassino virtual para matar o avatar do seu filho ocioso.

 

Nota (da minha pessoa, à minha pessoa - que não será, decerto, a mais isenta): Eu acho que não tenho vícios, ou práticas excessivas de nada. Acho. E poucas manias. Já aqui tinha falado nisso. Acho que tenho coisas de que gosto muito e há muito tempo. Coisas com algum impacto, sim, como o 1) café da manhã; 2) as leituras diárias dos jornais online, enquanto tomo o café da manhã; 3) ir uma vez por dia ao blog, antes ou a seguir ao café da manhã... Mas durante o dia, é a correria normal de outra pessoa qualquer... como eu. Dantes ainda gostava de ver os telejornais da noite. Neste momento, deixam-me assim, a modos que, agoniada com as notícias de Pepas e afins, dos aumentos de impostos e afins. E afins. Adoro ver jogar o Benfica. Mas ainda ontem ouvi o relato da segunda parte a caminho de casa, vinda de outro gosto que não é vício: o gosto pela dança. E pelo convívio directo com amigos. Seguido-se uma sessão viciosa de lareira e um recosto caseiro de sofá, com um chá vicioso bem quentinho de hortelã-pimenta, a olhar sem ver TV, mas a ver sem olhar p'ra dentro - com intervalos bem maiores deste segundo acto do que do primeiro. Noite bem dormida. Outra coisa que, não sendo vício, me agrada há já muito tempo. E, agora, com café tomado e as gordas das primeiras páginas lidas, estou prontinha para começar mais uma semana fria de Janeiro. 

É um vício, este de viver!

E a prática excessiva deste vício não é sintoma de grandes, nem de graves problemas. Mas acho que deve ter um enorme impacto sobre a nossa vida. Acho.

 

Boa semana.

Para mim. E para vós.

publicado por tresgues às 10:12
link do post | comentar
comentários:
De sofiazinha a 27 de Janeiro de 2013 às 19:57
detesto jogos,nem em criança gostava de brincar. nunca gostei de brincar e nunca fui dada a que brincassem comigo,se calhar,esse é um dos meus piores defeitos. mas as pessoas que vivem comigo sabem como eu sou.
De tresgues a 28 de Janeiro de 2013 às 10:54
Jogar é uma coisa. Brincar é outra.
Também se pode brincar sozinha. Nem assim?
E por que razão não gostavas (gostas) de brincar?
Já pensaste nisso?
De sofiazinha a 28 de Janeiro de 2013 às 13:26
jogar até jogo,de vez em quando um outro jogo no facebook,eheheh. em relação às brincadeiras, não, nunca pensei no assunto mas se calhar o facto devia-se ao facto de eu ter poucos amigos com quem brincar,eu era uma rapariga super timida e não me dava com muita gente. felizmente agora estou um pouco mais desinibida mas muito pouco,continuo a ter poucos amigos mas aqueles que tenho são muito bons,eheh,beijinhos!!
De tresgues a 29 de Janeiro de 2013 às 08:59
"Poucos mas muito bons" - é o que importa.
(Diz que a quantidade é inimiga da qualidade;)
Quanto à timidez e às brincadeiras, reconhecer o "facto" e querer mudar já é meio caminho andado.
É que, brincar, faz bem a pequenos, grandes e... graúdos... Só por isso.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
31

.posts recentes

. Em...2016...

. Boas-Festas

. Não!

. O meu pica do sete

. As escolhas de tresgues

. Cenas quotidianas

. Coisas da vida

. As escolhas de tresgues

. As escolhas de tresgues

. Fifi, o malabarista

. Educação diferente. Porqu...

. Bom dia

. As escolhas de tresgues

. Coisas da vida política

. Fifi, o calhandreiro

.arquivos

.links

.subscrever feeds