Sexta-feira, 22 de Março de 2013

- Poesia? pergunta ela.

- Qual poesia?

(Hoje é o dia dela. Da poesia.)

 

A chuva não dá descanso.

As notícias não são melhores.

Às vezes, até me canso...

E decoro a casa com flores.

 

Tanta parvoíce, porquê,

Assim num rimanço sem precedentes?

Porque a poesia é o que se vê.

Está no momento. Está no que sentes.

 

Bom fim-de-semana.

- O momento que se segue? - perguntais.

- Poesia no gato. No dono. Na guitarra. No momento. Quereis mais?

 

  

 

publicado por tresgues às 09:59
link do post | comentar

.mais sobre mim

.pesquisar

.Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
31

.posts recentes

. Em...2016...

. Boas-Festas

. Não!

. O meu pica do sete

. As escolhas de tresgues

. Cenas quotidianas

. Coisas da vida

. As escolhas de tresgues

. As escolhas de tresgues

. Fifi, o malabarista

. Educação diferente. Porqu...

. Bom dia

. As escolhas de tresgues

. Coisas da vida política

. Fifi, o calhandreiro

.arquivos

.links

.subscrever feeds