Quarta-feira, 7 de Maio de 2008

Solicitam-se estudos mais conclusivos

Não sei se é da idade porque o médico responde-me acerca de tudo o que me queixo: "É da idade!"

Ainda bem.

Mas, neste caso, acho que não tem a ver com a idade.

É que eu, às vezes, " troco palavras".

 

 

Se já aos três anos, dizia aborrecida:  - Eu não sei dizer Hotel Turismo, só sei dizer "ótetrismo".

Já aos trinta, "ía por o combóio à estação", quando ía era por a pessoa à estação para apanhar o combóio.

Noutro cenário, perante vinte e tal par de olhos incrédulos, avisava: - Podem voltar as "filhas". Caras de espanto. - Que coisa. Vocês sabem o que quero dizer: Voltem as "fochas".

Eu queria dizer, evidentemente, "fichas" ou "folhas".

Aqui, fui mesmo ao médico. Riu-se e falou de cansaço.

 

 

Agora, apesar de tudo, penso não ser muito grave, porque reconheço, imediatamente -às vezes até antes de as pronunciar - que as estou a trocar, ou seja, a "chamar-lhes nomes"  e por vezes nomes feios. Mas, para não me "moer ou ralar" demais, digo aquela que me ocorre naquele momento.

 

 

Assim, a semana passada , o telefone tocou. Atendo:

- Hello!

- Hello! Is  A. at home?

- Yes, she is. I can call her, if you want.

-Yes, please.

- Ok, a moment, please. Who is speaking?

- This is R.!

- Ah! Olá! Eh pá, tás tão TROGLODITA logo de manhã!!!

 

 

Não sei se entenderam. É que, ali, a POLIGLOTA era só eu :(((

Apesar de ser de manhã  e não ter tomado a bica - o que é uma agravante para este  meu interessante problema... não entendo.

 

 

Mas gostaria.

Analisem comigo, embora que, superficialmente:

 

 

1. Ambas as palavras são compostas por quatro sílabas;

2. Ambas acabam em "TA";

3. Ambas têm a sílaba "GLO";

4. A sílaba "LI" é parecida, a nível auditivo, com a sílaba "DI".

 

 

Conclusão: Parece-me haver alguma lógica - segundo os estudos que não tive vagar de efectuar. Três dos itens analisados são iguais. Só um dos itens não o é, sendo que, apesar de tudo,  é "parecido". Daqui se pode inferir que este meu problema podia ser pior.

Ou não.

Serão necessários mais estudos sobre esta problemática.

 

 

Daí que, logo no dia seguinte, perante umas análises:

- A tua "OVOMALTINE" está boa?

-A minha "HEMOGLOBINE"  (inglês) está boa, sim.

 

 

E depois:

- Eu não fiz análises à "FELICIDADE" de sedimentação? ;(((

 

 

Tem sentido.

 

 

Por isso, todos os meus amigos sabem porque é que eu não sou RE-FOR-MA-DA. 

É só porque sou TRANS-FOR-MA-DA.

Mas alguns deles, agora, também já o são.

Os outros... esses... eu sei, que quando puderem TRANSFORMAM-SE  logo.

 

 

Mas, às vezes, ando melhor.

Muito obrigada.

 

 

 

publicado por tresgues às 14:52
link do post | comentar
comentários:
De F a 7 de Maio de 2008 às 20:44
TROGLODITA!!! OVOMALTINE!!!
TRANS-FOR-MA-DA, esta conheço bem, as outras duas não. Está a tornar-se um caso sério... mas trata-se com LOU-LEL ;))))
De certezinha que se TRANS-FOR-MAM mas, com algum receio pois, dá muto trabalho e depois nem sabem como tinham tempo antes.
De tresgues a 7 de Maio de 2008 às 22:50
Ora vês como adivinhaste. Nem mais. Lou-LeL... ou seja, três guês para três lês.

Podes crer... Ainda me admiro disso. Como Tinha tempo?

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
31

.posts recentes

. Em...2016...

. Boas-Festas

. Não!

. O meu pica do sete

. As escolhas de tresgues

. Cenas quotidianas

. Coisas da vida

. As escolhas de tresgues

. As escolhas de tresgues

. Fifi, o malabarista

. Educação diferente. Porqu...

. Bom dia

. As escolhas de tresgues

. Coisas da vida política

. Fifi, o calhandreiro

.arquivos

.links

.subscrever feeds