Terça-feira, 23 de Junho de 2009

Porque hoje é terça-feira...

... e já tinha saudades de aqui vir!!!

 

Pois bem... É que nem o computador tenho aberto.

 

E estas férias da Tresgues (ggg) estão feitas em Tresfes (fff).

A saber: 1 - Férias; 2 - Fifi (sabem quem é, não sabem?) ; 3 - Filmagens.

 

Pois é! Lá continuam as filmagens.

E com o tempo a esgotar-se para a apresentação do trabalho final... Até fico mais stressada que os meus amigos produtores que andam há mais de duas semanas sem dormir, sem comer, sem beber... Enfim...

Espero que, para bem deles, chegue depressa e bem o fim da saga a que se propuseram.

É que as situações inesperadas sucedem-se - e, como em qualquer trabalho, quando o desgaste físico e emocional é grande, ainda acontecem em maior número.

 

Ele é uma das máquinas que avaria com as filmagens todas do hospital - quando só se tem autorização do mesmo para o fazermos naquele dia, não se podendo, por isso, repetir as cenas que, deste modo, perdem a qualidade desejada;

É a cena do acidente numa das ruas de Lisboa - uma das mais complicadas - que se perdeu completamente - neste caso, penso que, devido ao tal desgate físico - não se sabendo se o suposto actor tem, ou não, disponibilidade para a repetir;

 

Há mais... mas chega, que me stresso, também, só de falar.

Têm todos eles a maior ajuda que se pode ter nestes casos: um professor, não de cinco, mas de sete estrelas, que é para estes jovens produtores e realizadores o maior  exemplo do que é lutar por aquilo de que se gosta, contra todos os factores negativos que se possam ter e sem ajudas de qualquer espécie. E ele lá está para eles, se for preciso, até que amanheça, porque também ele tem os seus trabalhos a chegar ao fim de mais um ano.

 

Desejo a maior sorte a todos estes jovens - metade já ficou pelo caminho - e gostaria de dizer-lhes, mais uma vez, que sucesso "é um por cento de inspiração e noventa e nove de transpiração"... (E com tardes de 40 graus é num instante!)

Eu sei que eles sabem disso, mas são ainda muito jovens e não gostava de os ver desistir de um sonho - que, muitas vezes, vai contra os desejos de toda a família, precisamente por saberem da enorme dificuldade de o alcançar.

Eu sei que deveriam ter começado este trabalho há muito mais tempo.

Faltou-lhes "propósito". Pois é. São jovens.

Eu já o fui. Sei muito bem o que isso é.

Mas agora não há que lamentar. Só há que aprender.

 

Hoje lá estarei de novo e sei que vai correr melhor do que ontem.

Força meninos!!!

(Eu sei que eles não vão ler isto - nem sabem que aqui escrevo sobre eles... Nem tempo têm para aqui vir... Mas a força positiva está cá!)

 

Eu?

Continuo a adorar!

Não acho que deveria ter seguido esta profissão.

Penso que aquela que abracei me deu muito e sempre me senti plenamente realizada.

Mas querem que vos responda a uma coisa sem me perguntarem?

Ainda hei-de tirar um curso de representação, de actores - ou lá o que seja -  porque... sinceramente... sinceramente, não dou pelo tempo passar, não me incomoda nada repetir e repetir cenas...

E sinceramente, sinceramente, sabem outra conclusão a que cheguei?

Acho que os que melhor fingem (representam) em palco são, talvez, os que pior fingem na vida real...

 

Quando puder - e tiver saudades vossas - volto.

 

:
publicado por tresgues às 11:51
link do post | comentar

.mais sobre mim

.pesquisar

.Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
31

.posts recentes

. Em...2016...

. Boas-Festas

. Não!

. O meu pica do sete

. As escolhas de tresgues

. Cenas quotidianas

. Coisas da vida

. As escolhas de tresgues

. As escolhas de tresgues

. Fifi, o malabarista

. Educação diferente. Porqu...

. Bom dia

. As escolhas de tresgues

. Coisas da vida política

. Fifi, o calhandreiro

.arquivos

.links

.subscrever feeds