Segunda-feira, 9 de Novembro de 2009

Nem toda a gente que pinta é pintor (iv)

Pintado por ti.

Oferecido a mim.

Gostei do que vi.

De me ver dormir.

(Da pedra que me pareceu às costas, nem por isso.)

E disse-te.

E sorriste. E abracei-te.

E sorrias.

 

 

E tudo começou, como tudo começa. Num esboço.

(Às vezes, tão - ou mais - importante que o resultado final.)

 

 

Passaram anos.

Os dois lá. 

(E sorrias.)

Acordo no sótão e olham para mim.

Todas as noites.

Todos os dias.

 

Eras mais pequenina.

Mas sempre, sempre, a minha menina.

(E sorris. E sorrias.)

Todas as noites.

Todos os dias.

 

Aqui - ou em terras que o muro viu cair - quero-te saber sempre. A sorrir. Todas as noites. Todos os dias.

publicado por tresgues às 09:14
link do post
De Anónimo a 11 de Novembro de 2009 às 22:07
Recordo-me do esboço e do quadro.
O tempo passa, mas as "memórias ficam"....
É bom ter boas memórias!
De tresgues a 12 de Novembro de 2009 às 10:41
Ainda bem que as memórias foram boas.
Ainda bem que se recorda, sr/srª anónimo/a.
É bom sinal. Fico contente.
(A "artista" também. Só não agradece... porque não sabe a quem. De certeza!)
Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 34 seguidores

.pesquisar

.Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Em...2016...

. Boas-Festas

. Não!

. O meu pica do sete

. As escolhas de tresgues

. Cenas quotidianas

. Coisas da vida

. As escolhas de tresgues

. As escolhas de tresgues

. Fifi, o malabarista

. Educação diferente. Porqu...

. Bom dia

. As escolhas de tresgues

. Coisas da vida política

. Fifi, o calhandreiro

.links

.subscrever feeds