Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2009

Zero ponto zero na escala de tresgues

Então é assim...

Tendo uma tresgues trocado a viagem por razões já sobejamente conhecidas de Vªs Exªs, eis que, após ter chegado - por sinal, há breves horitas - se faz sentir, no nosso país à beira-mar plantado, um sismo de significado grau na escala de Richter. Felizmente que o país se encontra à beira-mar plantado. Por isso é que eu gosto dele.

Tendo Vªs. Exªs conhecimento de "um certo receio" que uma certa tresgues tem por estas oscilações territoriais é caso para dizer como o outro, "Ai destino, ai destino..." 

 

Acontece que estando a tresgues relativamente cansada dos abanões do avião e a "dormitar" no sofá com a TV ligada para "ouvir" as últimas do nosso país, felizmente, à beira-mar plantado, não é que abre os olhos no preciso momento em que, nas notícias das 2h, se fala dos outros tais abanões? "Ai destino, destino..."

 

Corre a tresgues ao quarto amarelo e eis que o sismógrafo, por ela implantado no mesmo, não dá conta da ocorrência. Felizmente.

 

Sismógrafo tresgues actualizado ao momento.                           Sismógafo tresgues - (2h-17/12/09)

sismógrafo tresgues (2h - 17/12/09) sismógafo tresgues (2h - 17/12/09)

 

Sismógrafo tresgues - (9h-17/12/09)

 

sismógrafo tresgues (9h - 17/12/09)

 

A fonte fidedigna deste sismógrafo foi ali deixada ficar porque, ao mínimo sopro vindo de não sei onde - o que sempre irritou uma certa tresgues - os pequenos sismógrafos estatelavam-se no chão. Mas como em tudo na vida há que tirar proveito da situação. Alguém trouxera os bonecos de uma viagem e não se queria desfazer deles. Então... Muda o que não podes aceitar, aceita o que não podes mudar. E... Zero ponto zero na escala de tresgues.

publicado por tresgues às 10:43
link do post | comentar
comentários:
De F a 17 de Dezembro de 2009 às 16:08
A minha amiga tem um sismógrafo especial e muito bem registou "zero ponto zero na escala de tresgues".
O meu sismógrafo (a minha cama) oscilou para um e outro lado (um pouco) acordo e, pergunto-me. - quem me abanou a cama?
- Não, não pode ser o que estou a pensar... não tou bem, não!!!
Correcto o que havia pensado, confirmei-o pela manhã. Ainda bem, que fiquei na dúvida assim foi um santo e repousante sono, até tocar um despertador "manhoso".
Será que os abanões sentidos umas horas antes por duas pessoas num passeio pelos "passeios" de um certo Centro Comercial, seriam mesmo o metro a passar?
De tresgues a 17 de Dezembro de 2009 às 18:15
Se "o que a srª me está a dizer é verdade, pode ter a certeza que" (...) E mais não digo.

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 34 seguidores

.pesquisar

.Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Em...2016...

. Boas-Festas

. Não!

. O meu pica do sete

. As escolhas de tresgues

. Cenas quotidianas

. Coisas da vida

. As escolhas de tresgues

. As escolhas de tresgues

. Fifi, o malabarista

. Educação diferente. Porqu...

. Bom dia

. As escolhas de tresgues

. Coisas da vida política

. Fifi, o calhandreiro

.links

.subscrever feeds