Quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

Felicidade

Cada um pode ter a sua. Uma. Ou várias. Ao mesmo tempo.

E cada uma delas (das felicidades) pode ser diferente de pessoa para pessoa, de momento para momento, etc.

Por exemplo, há umas diferenças entre os dez conselhos do Papa e a equação dos cientistas britânicos sobre o mesmo tema: A FELICIDADE.

 

a - Conselhos do Papa - 1) vive e deixa viver; 2) dar-se aos outros; 3) move-te "remansadamente"; 4) brincar com as crianças; 5) partilhar os domingos com a família; 6) ajudar os jovens a conseguir emprego digno; 7) cuidar da natureza: 8) esquecer-se rapidamente do negativo; 9) respeitar quem pensa de maneira diferente 10) procurar activamente a paz.

 

b - Equação dos cientistas - leva em conta as expectativas entre o passado e o futuro. Os pesquisadores dizem que tudo depende da diferença entre as expectativas e os resultados. Quanto maior e mais positiva for essa diferença, mais felizes nos sentiremos.

 

Portanto, o que para uns é felicidade, para outros nem tanto. Depende. Pois depende. Que cada um fique com a sua (felicidade) e na boa, que é como quem diz, vive e deixa viver.

(2-1, ganha o Papa.)

Tudo isto, para justificar porque não tenho aqui vindo dar-me aos outros.

É que já me movo remansadamente. Com duas canadianas, ou muletas ou... o que lhe quiserem chamar. Já ponho os dois pés no chão. Já comecei a fisioterapia e a minha felicidade, neste momento, é essa mesma. Andar, ou mover-me, mesmo que, remansadamente. Mas, por essa razão, tudo leva muito tempo. Tudo é feito "tantricamente" e ao fim do dia estou a precisar de descanso se, por acaso, como ontem, me esqueço rapidamente do negativo e ando mais do que de costume.

Mas pronto. Já fui almoçar ao IKEA, já fui às compras ao Modelo e ao Aldi. Uma felicidade! Quem diria. Para que conte, o IKEA tem cadeira de rodas à disposição, com um segurança simpático a ajudar a instalar...

Para que conste, ainda, tenho a felicidade de ter encontrado umas fisioterapeutas, uns bombeiros e umas bombeiras que se dão e me transportam à fisio, com a maior das simpatias.

Portanto, estando eu a cuidar da minha estupenda natureza, hoje já vou começar o 11º tratamento, com melhorias a olhos vistos, o que até está a ultrapassar as minhas expectativas. Concordo, pois, também, com os senhores investigadores..

Por hoje é tudo.

Voltarei a dar-me por aqui, quando me mover menos remansadamente

E sim, tenho continuado a dar-me conta do que se passa à minha volta. Tal como algumas detenções, ou... algumas faltas de luzes que por vezes, se fazem sentir em certos locais de uma segunda circular, só pela simples razão de que a uz, a Luz que ilumina realmente, se encontra um pouco mais à frente. Mas... respeito quem pensa de maneira diferente. Parabéns, portanto. 

E muito bom dia.

 

publicado por tresgues às 08:22
link do post | comentar

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 34 seguidores

.pesquisar

.Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Em...2016...

. Boas-Festas

. Não!

. O meu pica do sete

. As escolhas de tresgues

. Cenas quotidianas

. Coisas da vida

. As escolhas de tresgues

. As escolhas de tresgues

. Fifi, o malabarista

. Educação diferente. Porqu...

. Bom dia

. As escolhas de tresgues

. Coisas da vida política

. Fifi, o calhandreiro

.links

.subscrever feeds