Terça-feira, 10 de Março de 2015

Nem demais, nem de menos

Só o suficiente para ser feliz. Como em tudo na vida.

A educação não é excepção.

Educar pela positiva, sim.

Mas...

Segundo um estudo, origem do narcisismo aponta para para excesso de elogios dos pais - Público. "Os resultados mostraram que os traços de narcisismo estão associados à sobrevalorização dos filhos ao longo do tempo. “Quando os pais dizem às crianças que elas são mais especiais do que os outros, elas acreditam nisso. Isso poderá não ser bom nem para as crianças nem para a sociedade”, defende Brad Bushman, co-autor do estudo, investigador da Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos."

 

Sempre fui desta opinião. Há excessos que não justificam. Não ajudam. Antes pelo contrário. E, ser pai, também é ser amigo. E um amigo sincero também aponta os defeitos. Ou devia apontar. E o outro aceita. Ou devia aceitar.

Mas isto sou eu que não gosto de gente "boazinha". Gosto só de boa gente. Às vezes até daquela com "mau feitio". Aquela tal que discute as diferenças entre o bem o mal, entre o que tem - ou não - valor neste mundo. E fala disso com os filhos. E, por vezes, até deixa de ser "um bom paizinho" para "ser apenas um pai" que ama suficientemente os filhos, para querer fazer deles pessoas dignas e responsáveis, livres, auto-críticas - de si mesmas e do mundo -, com uma auto-estima (só) q.b. e  - deveras importante - capazes de se rirem de si próprios.

Difícil. Muito difícil. Porque...  

 

"Muitos querem deixar um mundo melhor para os filhos.

Poucos pensam em deixar filhos melhores para esse mesmo mundo."

(Anónimo)

publicado por tresgues às 10:01
link do post | comentar
Terça-feira, 20 de Janeiro de 2015

É. Deve ser isso.

Não concordo com algumas opiniões deste senhor doutor mas, desta vez, dou-lhe razão, quando escreve sobre as infidelidades de um senhor que até é casado.

Lá dizia Oscar Wilde:

A bigamia consiste em ter uma mulher a mais.

A monogamia a mesma coisa. 

 

Mas enfim.

Que eles gostam, a gente sabe.

Mas...

Deve haver mulheres que gostam que assim seja...ou... não se importam/fingem que não se importam/não se amam.

É. Deve ser isso.

 

PS: Ah... só para acabar, dizia assim Friedrich Nietzsche:

A mulher foi o segundo erro de Deus.

 

Hum...

Resto de boa semana.

publicado por tresgues às 09:50
link do post | comentar
Quarta-feira, 10 de Setembro de 2014

Só professor? (take 2)

Ser professor passou a ser desrespeitador. Isto é, a sua profissão é 79% (mais coisa menos coisa, segundo a minha avaliação) desrespeitada.

Ao contrário do que acontecia há uns trinta anos atrás. Não foi há tanto tempo assim.

E enquanto a sociedade não souber respeitar, nunca o pode transmitir a uma criança. Até porque mais do que palavras, ela aprende pelo exemplo.

Assim, não me espanta que"estar mais tempo na sala pode não ser sinónimo de mais transmissão de conhecimentos, alerta o relatório, chamando a atenção para outro estudo de 2013 da OCDE que revela que, em média, os docentes passam apenas 79% do tempo a ensinar, sendo o resto do tempo para trabalho administrativo e para  manter a ordem dentro da sala de aula. Portugal volta a ficar abaixo desta média, com os docentes a terem menos tempo para ensinar e a perder mais tempo para garantir o bom comportamento dentro da sala." - CM.

 

E há poucos dias atrás já falei do assunto.

De entre outras conclusões do relatório, esta é das que mais me preocupa.

 

PS: E aqueles 79% podem ser, ainda assim, pouco - relativamente ao tal desrespeito, e muito - relativamente à transmissão de conhecimentos na sala de aulas. E é pena que assim seja. Mas enfim. "Os homens mais respeitados não são sempre os mais respeitáveis" - citação MMarquês - que não resolve a questão. Mas talvez console. E talvez anime. Um pouco. A enfrentar um novo ano. Para quem tem essa sorte. Claro.

 

publicado por tresgues às 10:19
link do post | comentar | ver comentários (3)
Quarta-feira, 21 de Maio de 2014

Aos senhores. Às senhoras. Aos parvos. Aos intelectuais. Aos sós.

Aos que vivem.

 

1 - Esquecer uma mulher inteligente custa um número incalculável de mulheres estúpidas.

(António Lobo Antunes)


2 - Viver diverte-me muito. Nunca me aborreço quando estou sozinho.
(Conversas com António Lobo Antunes, de María Luisa Blanco, 2002)

3 - Um parvo em pé vai mais longe que um intelectual sentado.
(António Lobo Antunes)

 

PS: Desde que o parvo não vá de tablet, telemóvel ou afins na mão... Bom dia. Vou já ali. Pôr-me em pé. Sem nada na mão. Nem nada na manga.

publicado por tresgues às 09:24
link do post | comentar
Segunda-feira, 10 de Março de 2014

A sério?

Há gente capaz de dizer cada mentira. Q'orror, senhor CM! Então diz que, e passo a citar, Famílias pagam milhares só para abrir falência? - e que Sociedades aproveitam situação de fragilidade? Nunca! Nunca estas pessoas se aproveitariam de fragilidades alheias.

 

"Só fui à falência duas vezes. A primeira, quando perdi uma causa. A segunda, quando a ganhei."

(Voltaire)

A sério, senhor Voltaire?

 

PS1: Hoje acordei muito cedo. Nota-se.

Deve ser do bom tempo.

 

PS2: E dizia-me um dia um advogado: "A senhora é uma passarinha..."

A sério?

Muito bom dia e muito boa semana.

publicado por tresgues às 08:03
link do post | comentar
Domingo, 12 de Agosto de 2012

Citação

"Se alguém lhe fechar a porta, não gaste energia com o confronto. Lembre-se da sabedoria da água: nunca discute com os seus obstáculos, contorna-os." (autor desconhecido. por mim.)

 

PS: Só para desejar resto de bom domingo e dizer que estaremos (eu e o blog) assim, a modos que, ausentes...

tags:
publicado por tresgues às 11:04
link do post | comentar

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 34 seguidores

.pesquisar

.Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Nem demais, nem de menos

. É. Deve ser isso.

. Só professor? (take 2)

. Aos senhores. Às senhoras...

. A sério?

. Citação

.links

.subscrever feeds